12 de dezembro de 2013

Extraordinário, R.J Palacio

Parem as máquinas! 
Todo mundo precisa ler “Extraordinário”, sério. É um livro must read nível “A Culpa é dasEstrelas”, do meu querido John Green. Desde que a Intrínseca lançou esse livro (no começo do primeiro semestre de 2013, se não estou enganada) eu fiquei curiosa com a história desse menino de 10 anos que nasceu com uma severa deformidade facial.


“Aliás, meu nome é August. Não vou descrever minha aparência. Não importa o que você esteja pensando, porque provavelmente é pior”

E tudo o que você precisa saber da história do August antes de ler o livro é isso. É um tema pesado e bem familiar, não se trata só de bullying, mas como funciona a mente deste personagem e como ele se relaciona com as pessoas ao redor. E nem tudo é tristeza e drama. Eu achei encantadora a forma como a autora contou a história desse menino. O livro é narrado em primeira pessoa (amo/sou) e dividido em várias partes. Um desses narradores é a irmã mais velha do August, uma adolescente chamada Via. Rolou uma identificação forte com ela, viu hahaha, te dizer. Meu irmão quando era criança exigiu mais atenção dos meus pais, desde pequeno até adolescência. Era dislexia, DDA, problemas respiratórios, rebeldia sagitariana, enfim. E, assim como a Via, eu tive que aprender a dar a vez pro irmão que precisa mais de cuidados (no caso dela, bem mais que o meu) e a me virar sozinha. Só que tem uma hora que a gente precisa de ajuda também, né? Morri de amores.

Na parte da personagem Via tem uma citação do DAVID FUCKIN' BOWIE 

Outra coisa bem bacana é que o livro tem um monte de referencias da cultura pop. Como não amar? Eu comecei a ler antes de dormir e quando vi, eram seis da manhã e eu tinha acabado de ler. É viciante. Apaixonante mesmo. Apesar de ser infanto juvenil, eu recomendo a leitura para todas as idades, justamente por causa da reflexão que a leitura nos propõe.

Sério, é extraordinário. Pfv leiam. 

5 comentários:

Marcia Rammos disse...

Estou pensando em dar de presente pra minha sobrinha de 14 anos... será que ela vai gostar???

Cami Rocha disse...

Marcia, acredito que sim, viu! E vai aprender outras tantas coisas :)

Dafne disse...

Engraçado, vi a capa desse livro hoje no Instagram, nem me lembro quem postou, mas junto escreveram elogios e mesmo assim nem fiquei com vontade de saber mais do que se tratava, mas agora, depois de ler seu post e ver o vídeo, fiquei morrendo de vontade de lê-lo!!! :p
Vai para minha listinhas de livros a comprar.
Beijos

Jessica Lins disse...

Esse é um dos livros mais lindos que já li, sabia ? Talvez por ser simples e complexo ao mesmo tempo , simples pela forma do Auggie ver a vida e NUNCA deixar se abater , complexo pelo assunto abordado. Ao terminar de ler, tive vontade de conhecer o Auggie e lhe dar um beijo, um abraço e dizer o quanto ele é Extraordinário.

raquel a. disse...

Fiquei com vontade de ler só por causa da sua resenha! :D