7 de abril de 2014

Como eu era antes de você, Jojo Moyes

Quando terminei de ler Easy, da Tammara Webber, eu ainda estava num humor literário para romance. Sem pensar muito (e sem nem ter lido a sinopse, sou dessas hahaha) peguei o "Como eu era antes de você" da Jojo Moyes pra ler. Com esse título, já imaginava um livro do tipo "garota leva um pé na bunda, sofre, mas no fim vira uma empresária de sucesso com filho e marido". Só o título me sugeriu tudo isso, mas eu estava totalmente equivocada. AINDA BEM, VIU.

 CAPA FOFA DEMAIS! ❤ 


Como eu era antes de você narra a história da Louisa, uma jovem de 26 anos que trabalha em um café em uma cidadezinha pequena da Inglaterra. Lou vive a vida bem devagarinho, sem maiores expectativas pra si mesma. Ela namora um cara há 6 anos, mora com os pais e irmã mais nova, e garante o sustento da casa com os rendimentos do café. Tudo muda quando o café em que ela trabalha fecha e ela está desempregada. Então, Louisa começa procurar emprego na única agencia da cidade, e cada emprego é uma enrascada. São sub-empregos, do tipo trabalhar em uma fábrica de frango, porque ela não tem faculdade e nenhum outro atributo. A única coisa que diferencia a Lou de todas as coisas apáticas da vida dela é o modo que ela se veste. Toda colorida, fazendo combinações exóticas como usar meias listradas e casacos amarelos. Numa nessas indas e vindas da agencia de trabalho, surge um emprego para cuidadora de um tetraplégico. Ela não tem experiencia NENHUMA, mas como paga MUITO BEM e o contrato são de apenas seis meses, ela acaba indo para entrevista porque não tem muito a perder...
A entrevista de emprego é hilária, sério, eu ri alto com os constrangimentos da entrevista. Quem nunca passou um perrengue de usar uma roupa errada, ou de ser sincero demais nas respostas e tem aquela impressão de O QUE EU ESTOU FAZENDO AQUI MESMO? que atire a primeira pedra. Ela acaba passando nessa entrevista (e depois a gente fica sabendo o porquê) e começa a fazer parte da rotina de Will Traynor, um executivo que ficou tetraplégico após um acidente de moto.
O livro é uma delícia, você fica viciado nos personagens, a narrativa mescla humor com uma fina ironia. Tem horas que ri alto no meio do ônibus e outras que chorei no meio da Starbucks hahaha. Mas não é aquele dramalhão forçado e piegas do tipo Nicholas Sparks, sabe? Eu gostei porque é um romance perfeitamente real e plausível
A química entre os personagens de Lou e Will é muito boa, os dois estão em lados opostos. Ele viu tudo da vida (ou pensa que viveu), era uma pessoa super ativa, do tipo escalar o Monte Everest. A Lou sempre foi muito conformada (e acomodada) com a rotina que levava, vivendo a vida das outras pessoas pelas histórias que escutava no café. Então, é um encontro de diferentes perspectivas entre as personagens.
Além disso, Jojo Moyes aborda outros assuntos no romance, mas que não dá pra falar aqui porque é mega spoiler. Vale MUITO a pena ler esse livro, sério. É daquele tipo de leitura que faz você refletir sobre zilhões de coisas. Um romance super bem escrito, com vários personagens interessantes (você vai ter que ler pra descobrir) e que mexeu bastante comigo. Li essa história junto com a Sam (clube do livro!), depois recomendei a leitura para mais duas amigas (May e Nika ) e elas também gostaram muito. Então, por favor, leia. 
Pra quem tem Kindle, segue o arquivo em .mobi pra download. E sou uma mãe, né? Hhahaha. AH! Logo quando terminei de ler, mandei um tuíte pra autora e não é que ela respondeu? Hahahaha uma querida.



LEIAM. POR FAVOR. SÉRIO. Para tudo e vai ler

Nenhum comentário: